Diversão

Ter peças iguais no guarda roupa influencia na personalidade da criança?

Eu e minha mãe até hoje dividimos nossos guarda-roupas, e olha que já tem bastante tempo que fazemos isso.

Desde minha infância já gostava muito de moda e tenho certeza que essa influencia veio da admiração que sempre tive pela minha Mãe. Até hoje sempre nos consultamos uma com a outra para saber se estamos adequadas ou não, mas até que ponto isso influenciou minha personalidade?

O mais importante dessa “brincadeira” toda ( sim, mães e filhas devem encarar isso como brincadeira) é respeitar a características da idade. O que vemos muito hoje, principalmente na pré-adolescência são meninas vestidas como adultas e isso sim merece atenção dos pais e deve ser encarado como um problema de personalidade.

A escolha da roupa é importante porem deve ser acompanhada com cuidado e respeitando os limites de cada idade pois ela tem grande influência na construção da autoimagem.

Eu sempre tive liberdade para escolher o que queria vestir mas no meu guarda roupa sempre tive peças adequadas a cada fase de minha infância e adolescência, o que contribuiu para a formação de minha personalidade sem interferir na minha imagem.

Hoje temos gostos bem parecidos mas cada uma com algumas características bem pessoais o que comprova que apesar da influência de minha Mãe minha personalidade foi mantida.

Para mães e filhas que gostam dessa “moda tal mãe tal filha” a melhor maneira de começar pode ser usando pijamas iguais, camisetas com a mesma estampa ou até acessórios como bolsas e mini- bolsas. Lembrando sempre que menos é mais, hein?!

Mas Será que essa é uma moda recente?

Essa moda não é atual. Em 1889, Jeanne Lanvin – na época, aprendiz de costureira e dona de uma chapelaria em Paris – passou a desenhar vestidos para sua filha Marguerite, que se tornou sua “musa inspiradora”.

As peças que Lanvin criava para crianças e adolescentes também podiam ser feitas para mulheres adultas.

As clientes apreciaram tanto o trabalho que passaram a pedir encomendas para as crianças e para elas mesmas. Vinte anos depois, a Maison Lanvin foi oficialmente fundada.

 

E olha nós aqui. Desde sempre e pra sempre.

Ter peças iguais no guarda roupa influencia na personalidade da criança?

 

Cibele Pasini

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE DE

4 Comentários

  • Responder
    Avatar
    Jéssica Diz:

    agosto 03, 2021 at 06:38 am

    Parabéns pra você e pra sua mãe! Amei o texto.
    Beijos

  • Responder
    Avatar
    Mariana Diz:

    agosto 03, 2021 at 09:56 pm

    Que lindas Ci! Me identifiquei muito !! Parabéns pelo texto

  • Responder
    Avatar
    Bianca Diz:

    agosto 03, 2021 at 03:50 am

    Parabens Bele e mamae da Bele. Estou a man do o blog !!!

  • Responder
    Avatar
    Marisa Mathey Diz:

    agosto 03, 2021 at 06:07 am

    Cibele,

    Você é uma graça. Muito sensível e inteligente, como a mãe.
    A minha filha e eu gostamos muito de usar pelo menos uma peça parecida e ficamos muito felizes quando encontramos roupas iguais ou bem parecidas para sairmos. Parece que estamos falando para o mundo o quanto nos identificamos e nos amamos. Seu artigo sobre este tema está ótimo. Bom que as lojas estão acordando para esta necessidade e começaram a fazer alguma coisinha pensando nas mamães e filhinhas. Parabéns pela sua mãe!

DEIXE UM COMENTÁRIO