Bem estarFonoaudióloga

Desenvolvimento visual do bebê

Desenvolvimento visual

 

O desenvolvimento visual segue etapas, tanto quanto o desenvolvimento motor. Ao nascer, o bebê (com os componentes visuais sadios) é capaz de perceber uma imagem bastante desfocada.

Com 1 mês, esta habilidade pouco se modifica, exceto pela melhora da percepção do contraste. Por isso, brinquedos coloridos chamam tanto a atenção. Apenas aos 6 meses de vida é que o bebê tem uma visão próxima à do adulto. E é a somatória de um bom desenvolvimento visual, auditivo e motor que auxilia o desenvolvimento cognitivo e consequentemente de linguagem da criança.

 

A maturidade do sistema visual ocorre apenas por volta dos 7 anos. Por isso, o acompanhamento oftalmológico até essa idade é fundamental, sobretudo o bebê prematuro, uma vez que o índice de patologias visuais como a retinopatia da prematuridade e alta miopia é elevado.

 

Quais os sinais de que alguma coisa não está bem?

 

  • Estrabismo (alteração no eixo ocular ) : pode ser considerado normal nas primeiras semanas de vida, quando não constante, ou seja, quando o bebê mantém os dois olhos no mesmo eixo na maioria das vezes. Mas fique atento! No caso de ser necessário o uso de um tampão para a correção do estrabismo, é valido procurar um ortoptista para o acompanhamento.

 

  • Nistagmo (tremor nos olhos) : se o seu bebê, principalmente ao tentar focar um objeto ou o seu rosto, apresentar tremores no olho (verticalmente ou horizontalmente), procure imediatamente um oftalmologista especializado.

 

  • Falta de interesse visual: mesmo enxergando pouco, o bebê desde o nascimento busca ou demostra atenção visual por objetos coloridos e faces. Com o passar do tempo, ele é capaz de localizar objetos cada vez mais distantes e o ambiente a seu redor. Observe!

 

A estimulação precoce no caso de alguma alteração instalada é fundamental, mas a estimulação funcional sensorial para todos os bebês pode auxiliar muito o processo de suas conquistas. Assim, estimule seu bebe a manipular os objetos, conhecer as diversas texturas, use brinquedos coloridos por todo o campo visual buscando o seguimento horizontal e vertical etc. Lembre-se que nosso sistema está programado para o desenvolvimento, mas o ambiente rico e o vínculo afetivo faz toda a diferença.

 

Por Daniela do Val

NÃO HÁ COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO